quarta-feira, 15 de novembro de 2017

ESTUDO: O TRANSTORNO DA ANSIEDADE

O TRANSTORNO DA ANSIEDADE

Texto Base: Lc 10.38-42

INTRODUÇÃO
- Numa ocasião, Jesus entrou numa aldeia e foi recebida na casa de Marta.
- Marta tinha uma irmã, de nome Maria, a qual assentou-se aos pés de Jesus para ouvir sua palavra.
- Marta, por sua vez, realizava muitos serviços (limpeza da casa, comida, arrumações, etc). Tudo isso era necessário e importante, e Marta pediu que Jesus mandasse que Maria fosse ajuda-la.
- Jesus respondeu e disse: "Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas" (Lc 10.41). Jesus observou em Marta um quadro de Ansiedade, e a advertiu carinhosamente.

- Jesus, em sua sabedoria, reconhecia que a Ansiedade é um transtorno psíquico perigoso.
- Tanto que no Sermão da Montanha, assentado na relva (Mt 5.1), ensinou-nos a não estarmos cuidadosos (ansiosos) quanto à nossa vida, sobre o que iremos comer, ou beber, ou vestir (Mt 6.25-34).

DESENVOLVIMENTO
1) ANSIEDADE, UM TRANSTORNO ANTIGO
- Pela história de Marta e Maria e pelo Sermão de Jesus Cristo, compreendemos que a Ansiedade é um transtorno que não é de hoje.
- Salomão, que viveu aproximadamente 1.000 anos antes de Cristo já ensinava em seus provérbios que "a ansiedade no coração deixa o homem abatido" (Pv 12.25).
- Mas, o que é Ansiedade? O Dicionário PRIBERAM da Língua Portuguesa a define da seguinte maneira: "comoção aflitiva do espírito que receia que uma coisa suceda ou não; sofrimento de quem espera algo que virá; impaciência."
- Os Psiquiatras ensinam que a Ansiedade é um mecanismo de defesa do corpo diante de uma situação complexa e nova, e esse mecanismo de defesa produz sintomas físicos e psíquicos diversos, muitos deles prejudiciais.
- Nesse contexto, os estudiosos do assunto informam haver dois tipos de Ansiedade: a aguda e a crônica.

1.1) ANSIEDADE AGUDA
- A Ansiedade aguda é natural e pode ser considerada normal.
- É natural que muitos de nós enfrentemos a Ansiedade em momentos complexos, importantes, únicos, desafiadores.
- É normal no dia do Casamento, principalmente a noiva.
- No dia da pregação na Igreja, no primeiro dia de trabalho, na entrevista de emprego, na hora de falar em público.
- A ansiedade aguda ocorre em momentos específicos de picos de adrenalina. Lembra do mecanismo de defesa? Pois é isso que acontece.

O conhecimento se desenvolve exponencialmente, numa velocidade jamais vista.
Um garoto de 10 anos tem mais conhecimento hoje do que um rei na Idade Média.

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

ESTUDO: REFORMAS: A REALIZADA E A NECESSÁRIA



REFORMAS: A REALIZADA E A NECESSÁRIA

Texto Base: Gl 1.8,9


INTRODUÇÃO:
- Na data de ontem completou-se os 500 anos da Reforma Protestante.
- Com base nessa data histórica, hoje vamos falar a respeito das motivações da Reforma Protestante, os desvios doutrinários da Igreja Católica Apostólica Romana que levaram à necessidade de reforma.
- Também analisaremos o atual momento das Igrejas Protestantes, e concluiremos que, passados 500 anos, resta pouco da Reforma, e uma nova já se faz necessária.

DESENVOLVIMENTO:

1) A REFORMA REALIZADA

a) A Igreja Primitiva de Cristo
- Não restam dúvidas que a Igreja é uma ideia de Deus e que foi implantada por Jesus Cristo.
- A 1ª vez que a palavra “igreja” é mencionada na Bíblia, é em Mateus 16.18, e Jesus deixa claro que ele é o dono da Igreja.

b) A Política na Igreja
- Não restam dúvidas que muitos governantes se utilizam da fé alheia para fazer suas políticas.
- Assim foi nos tempos de Herodes, o idumeu, que reconstruiu o Templo do Senhor para agradar os seus súditos judeus. O Templo foi iniciado em 19 aC e só foi totalmente concluído em 64 dC.
- A Igreja Primitiva foi alvo de terríveis perseguições pelo Império Romano, sendo muitos dos nossos irmãos queimados vivos, crucificados ou devorado pelas feras nas arenas.
- No ano 313 dC o Imperador Constantino teria se convertido ao Cristianismo, e permitiu o culto dessa religião em toda a terra.
- Antes, em 156 dC, surgia o termo Igreja Católica.
- No ano 391, o Catolicismo não só se tornou a religião oficial de Roma, como todas as outras religiões passaram a ser perseguidas.
- Com isso, a Igreja, que fora concebida por Cristo, passou a ser uma instituição cada vez mais política e poderosa em todo o mundo antigo.

c) A Heresia na Igreja
- Infelizmente a Igreja passou, pelos séculos, a se contaminar com os costumes pagãos da época, perdendo a sua essência.
- De tempos em tempos foram agregadas uma série de heresias ao culto católico.
- Heresias são doutrinas e práticas contrárias à Palavra de Deus.
- Vejamos algumas delas, e quando surgiram:
a) Introdução das velas de parafina (300)
b) Preces para os mortos e sinal da cruz (310)
c) Início da adoração aos santos (312)
d) Veneração aos anjos (375)
e) Maria passa a ser considerada a “Mãe de Deus” (400)
f) Paulino de Nola ordena que se reze pelos defuntos (400)
g) Doutrina da Virgindade Perpétua de Maria (451)
h) Gregório, o Grande, institui a Doutrina do Purgatório (593)
i) Gregório, o Grande, torna-se o 1º Papa oficialmente aceito (600)
j) Institui-se o ato de se beijar os pés do Papa (709)
k) Culto às Imagens e Relíquias (II Concílio de Nicéia) (787)
l) Rosário de Maria (Concílio de Paiva) (850)
m) Água benta (850)
n) Odilon institui a Festas dos Mortos – Finados (998)
o) Doutrina do Celibato (1073)
p) Declarada a infalibilidade da Igreja (1076)
q) Criadas as indulgências (Concílio de Clermont) (1094)
r) Iniciada a Santa Inquisição (Concílio de Verona) (1186)
s) Confissão de pecados aos padres (1215)
t) A adoração da hóstia (1220)
u) Urbano IV – Festa do Corpo de Deus – Corpus Christ (1264)
v) Proibição da leitura da Bíblia pelos leigos (1287)
w) João XXII ordena a reza “Ave Maria” (1317)
x) Tradição tem autoridade igual à da Bíblia (Trento) (1545)
y) Pio XII cria o dogma da imaculada conceição de Maria (1854)
z) A infalibilidade do Papa (1870)
z’) O dogma da assunção de Maria (1950)

d) A Reforma Protestante
- A Santa Inquisição, estabelecida com o propósito de “combater as heresias e seitas”, tinha como objetivo real torturar e assassinar discordantes.
- Em 1252, o Papa Inocêncio IV autorizou a utilização do instrumento de tortura;
- As cobranças das indulgências cada vez mais afrontava o mundo
- Começaram a se levantar corajosos discordantes, tais como: John Wicliff, Ernesto Savanarola, John Huss, João Calvino e Armínio.
- John Huss, o Ganso, foi queimado vivo em 6/7/1415.
- Até que em 31/10/1517, Marinho Lutero, então com 34 anos, instituiu a Reforma Protestante, afixando 95 teses no Castelo de Witemberg, na Alemanha, com base em Rm 3.28 – “O homem é justificado pela fé, e não pelas obras”.
- Também instituiu as 05 solas:
1) Sola fide (só a fé)
2) Sola Scriptura (só a escritura)
3) Solus Cristus (somente Cristo)
4) Sola Gratia (somente a graça)
5) Soli Deo gloria (glória somente a Deus)
- Essa é a base das Igrejas Protestantes das quais nós, Assembleianos, fazemos parte.

2) A REFORMA NECESSÁRIA
2.1) A expansão do Protestantismo
- Apesar da grande ação contrária da Igreja Católica Romana, o Protestantismo se espalhou por toda a Europa.
- As Igrejas que surgiram:
a) Igreja Reformada Francesa (1557)
b) Igreja Reformada Holandesa (1630)
c) Igreja Anglicana (1816)
d) Igreja Luterana (1824)
e) Igreja Metodista (1835)
f) Igreja Congregacional (1855)
g) Igreja Presbiteriana do Brasil (1859)
h) Igreja Batista (1871)
i) Casa de oração (1878)
j) Igreja Cristã Evangélica do Brasil (1901)
k) Igreja Assembleia de Deus (1911)
# De acordo com o historiador Abraão de Almeida:
- Torquemada incinerou 10.220 pessoas;
- Deza, o 2º inquisidor geral, matou 39.440 pessoas queimadas.
- Cisneros IV condenou 52.855 “hereges”.
- Liorenta calcula que entre 1481 e 1811, 30.000 pessoas foram queimadas vivas somente na Espanha.

b) A Política na Igreja
- Ao crescer a Igreja Protestante, há mistura com a Política.

c) Distanciamento dos Solas
- O que vemos hoje:
- Pregadores e cantores profissionais
- Shows gospel
- Volta a uma série de dogmas, tais como sal grosso
- Igreja-Comércio-Negócio local
- Vaidade
- Países inteiros pós-cristãos
- Esfriamento da Igreja

CONCLUSÃO:
d) A Reforma Necessária
- Precisamos retomar a singeleza da fé cristã, centrada nos 05 solas. É necessária, após 500 anos, uma nova Reforma.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

MENSAGEM 06: LIMPANDO OS OLHOS DO MAL



LIMPANDO OS OLHOS DO MAL


Texto Base: Salmos 101.3 – “Não porei coisa má diante dos meus olhos”.


INTRODUÇÃO:
- Ensinam os especialistas que os olhos tem grande poder de captar as coisas.
- Já diz o dito que “uma imagem vale mais do que mil palavras”.
- O poder de assimilação dos olhos é muito maior que o poder dos ouvidos.
- Não por acaso, os recursos visuais ganham cada vez maior destaque nas palestras e estudos.
- Não por acaso, disse Leonardo da Vinci que “os olhos são a janela da alma e o espelho do mundo”.
- Todavia, precisamos ter muito cuidado, pois os olhos captam com facilidade o que é bom; mas captam com a mesma facilidade tudo o que é mau.
- Ensinou Jesus que “a candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas” (Mt 6.22,23)
- Não por acaso o salmista reflete que não deve colocar coisa má diante dos seus olhos. Pois se seus olhos contemplam e assimilam o que é mau, logo todo o seu corpo será mau.


DESENVOLVIMENTO:

1) O PERIGO DA CONCUPISCÊNCIA DOS OLHOS
- O Evangelista João, em sua primeira Epístola, identifica três questões no mundo que não são de Deus:
          - A Concupiscência da carne
          - A concupiscência dos olhos
          - A soberba da vida
- Ou seja, uma das três coisas que existem no mundo que, de acordo com a Bíblia, não são de Deus, é a concupiscência dos olhos.
- Muitos pecados começam pela concupiscência dos olhos.

1.1) COISA MÁ
- Coisa má, no contexto desta mensagem, é tudo o que vai contra a Lei do Senhor.
- Coisa má é tudo aquilo que desagrada a Deus.
- Coisa má é tudo aquilo que pode contribuir para se pecar, induzir ao erro.

1.2) EXEMPLOS
A) Os filhos de Arão viram o fogo de Deus no templo e o desejaram. E por isso pecaram. E por isso morreram.
B) Acã viu a capa babilônica e a desejou. E por isso pecou. E por isso morreu.
C) Davi viu a mulher de Urias e a desejou. E por isso pecou. Adultério. Assassinato. E por isso teve grandes problemas.
# A anatomia do pecado de Davi
(José viu a mulher de Potifar e fugiu)
- Disse Lutero: “não posso impedir uma ave de voar sobre a minha cabeça, mas posso impedí-la de fazer um ninho”.
D) Geazi viu as vestes de Naamã e a desejou. E por isso pecou. E por isso morreu.
(Daniel viu o manjar do rei, mas não se contaminou).

A concupiscência é a mãe do pecado e a avó da morte.

2) COISA MÁS QUE NÃO DEVEMOS COLOCAR DIANTE DOS NOSSOS OLHOS
- Televisão. Uma janela para o inimigo entrar em nossa casa. Sempre no centro da sala.
          - Novelas (pós-graduação do Cão).
          - Ensina tudo o que não deve.
                    # novela atual
                              Sexo fácil e sem compromisso.
                              Viver pelo prazer
          - Filmes picantes
          - Filme de terror
          - MMA
- Computador. Smartphones.
          - Sites pornôs
          - Traições virtuais (sites especializados)
- Whatsapp
          # O leão e o whatsapp (prova de amor).
          - Nudes
          - Pessoas acidentadas
  
CONCLUSÃO:
- Precisamos de colírio (At 3.18)